October 20

0 comments

10 Musicas com Past Continuous em Inglês

By Gordon

October 20, 2020


10 Músicas com Past Continuous em Inglês

Estudantes de inglês costumam se interessar em aprender a língua com músicas e, principalmente, em aprender as letras em inglês de suas músicas favoritas.

Veremos alguns exemplos de música com o past continuous, mas primeiro vamos revisar rapidamente a gramática.

Músicas com Past Continuous em Inglês: Revisão Gramatical

Musicas com Past Continuous em Inglês gramatica

Esta explicação é do livro “English Grammar in Use”, de Raymond Murphy. Você pode ler minha análise deste livro e de outro livro de gramática clicando aqui.

Freqüentemente, o past continuous é usado junto com o simple past para dizer que algo aconteceu durante um determinado evento.

Musicas com Past Continuous em Inglês gramatica 2

10 Músicas com Past Continuous em Inglês

Podemos observar isso em alguns dos exemplos abaixo de músicas que apresentam o past continuous:


1. "Looking For Love" de Karen Ramirez

Essa era uma música muito popular quando eu estava crescendo e é um gênero popular que eu gosto, que é o da música Eletrônica.

O refrão é um bom exemplo de usar o simple past e o past continuous juntos.

A versão mais famosa para mim é a de Karen Ramirez de 1998, que é diferente da original Everything but the Girl, de 1993.

A versão de Ramirez é mais rápida e fez bastante sucesso. Havia um vídeo muito legal que costumava sair muito na MTV quando eu era adolescente, mas que infelizmente não está no YouTube.

A letra de abertura é a seguinte:,

I was alone thinkin' I was just fine
I wasn't lookin' for anyone to be mine
."

"Eu estava sozinho pensando que estava bem, Eu não estava procurando por ninguém para ser meu"

Como você pode ver o “g” é suprimido de “thinking” e looking”. Isso é muito comum nas letras, mas também na vida real. 

Por exemplo, na Irlanda com nossos sotaques, este “g” é geralmente cortado na fala do dia-a-dia. Nós “comemos esse ‘g’”, como vocês falam no Brasil. E depois temos o refrão:

I didn't know I was looking for love until I found you/Eu não sabia que eu estava procurando pelo amor, até encontrar você."

O simple past “I found you” acontece no meio do past continuous “I was looking for love”

Aqui está um vídeo não oficial com letra: 


2. "I was checkin' out, she was checkin' in" de Don Covay

Esse título, que possui past continuous, é uma música de 1973 de Don Covay, um cantor americano de R&B (Rhythm and Blues), soul e rock & roll. Muitos artistas fizeram covers dessa música, inclusive o cantor Bobby Womack.

Novamente, em geral, o “g” é suprimido na palavra “checking”.

No início ele estava saindo do hotel, ou seja, ele estava fazendo seu “checking out”, o que dá para entender desde a primeira letra da música. A boa notícia para os alunos é que ele fala essas letras ao invés de cantá-las, então pode ser mais fácil para você entender:

“I just got finished givin’ the hotel manager

back the room key and paid my bill”

E então uma parceira anterior, uma ex-namorada que ele chama de “old lady”, que é uma gíria americana, estava se hospedando ou se registrando no hotel com outro homem.

E então ele começa a cantar o refrão:

“Lord, I was checkin' out
And she was checkin' in”

Aqui está o vídeo oficial no YouTube:


3.  "Closer" de The Chainsmokers e Halsey

E agora um pouco de EDM (Electronic Dance Music)/Electro pop terrível de 2016, da dupla americana The Chainsmokers. A letra de abertura dessa música é:

“Hey, I was doing just fine before I met you”

Como em nossa linha do tempo, o past continuous estava em processo de acontecer, ou seja, ele estava indo muito bem (I was doing just fine), então o simple past aconteceu no meio disso, “I met you” (eu conheci você).

O vídeo oficial deles mostra a letra na tela, o que ajuda o texto da música. Também tem inexplicavelmente mais de 2,5 bilhões de visualizações.

Às vezes eu não entendo este planeta ☺:


4. "Used To Be" de AJ Mitchell

Um pouco mais popular, mas ainda um exemplar terrível da música contemporânea, “Used To Be” foi escrita pelo cantor americano AJ Mitchell quando ele tinha 13 anos. 

Acho que é muito mais maduro e poético do que muitas outras canções escritas por compositores muito mais velhos e famosos do que ele. Então eu dou crédito a ele por isso ou, para usar a expressão inglesa, “I tip my hat to him”, eu tiro meu chapéu para ele, essa expressão denota respeito.

“You were lovin' me, hating me, tell me you're my baby”

Como um bônus, ele usa muitos tempos verbais diferentes, por exemplo, “used to” é utilizado para descrever a rotina no passado, mas não fazemos agora:

“We used to talk every day and night”

E apresentar um contínuo perfeito:

“Been searching day and night”

Nesse caso, o autor suprimiu o sujeito na primeira pessoa (“I”) e o verbo auxiliar (“Have” ou “ve”). O correto, gramaticalmente falando, seria:

“I’ve been searching day and night”

Este é um exemplo que mostra que a gramática incorreta em músicas é muito comum, e não apenas em inglês, mas em todos os idiomas.

O vídeo oficial tem letras na tela, mas podem ser difíceis de ler:

Aqui está um vídeo não oficial com letras estáticas na tela que são fáceis de ler:


5. "Never Tear Us Apart" de INXS

INXS, que é um jogo de palavras para expressão “in excess/em excesso, escreveram essa música que possui o tempo verbal past continuous.

Essa era uma banda australiana muito popular quando eu era criança, especialmente entre adolescentes por causa de seu carismático vocalista Michael Hutchence, que infelizmente se suicidou aos 37 anos em 1997.

Na letra da música encontramos o seguinte exemplo de past continuous:

“I was standing, you were there”

Isto é repetido através da música, mas, em seguida, no final da canção muda para:

“You were standing, you know it’s true, I was there”

Aqui você pode conferir o videoclipe oficial:

Aqui está um vídeo não oficial com letras na tela para ajudá-lo: 


6. "Don’t You Want Me Baby" de Human League

Agora sim! Um clássico New Age/Synth Pop britânico dos anos 80. Esta música ainda é muito popular hoje em dia e diversas bandas fizeram cover dela, além de ser muito usada em filmes e programas de TV.

“You were working as waitress in a cocktail bar, when I met you”

Novamente outro exemplo de simple past e past continuous usados juntos para indicar que a ação no passado simples “I met you” aconteceu no meio da ação no passado contínuo “You were working as waitress in a cocktail bar”.

Há também muitos exemplos de present perfect enquanto o casal cantando a música, discutindo sua vida juntos. 

No meu curso de vídeo online “Fluency in English” há 11 lições que descrevem como usar o present perfect, mais de 4 horas de vídeo feitos exclusivamente para falantes da língua portuguesa. Você pode ler mais sobre isso e assistir a vídeos gratuitos clicando aqui.

Este é o clássico videoclipe oficial de 1982 com mais de 130 milhões de visualizações:

Aqui está um vídeo não oficial com letras:


7. "The songs we were singing" de Paul McCartney

Os Beatles são sempre uma escolha como de músicas em inglês para estudar, e muitos alunos estão curiosos para entender suas letras. No entanto, eles utilizam muitas gírias e sílabas "cortadas" ou "comidas" e palavras.

Essa música apresenta o past continuous em sua letra:

“But we always came back to the song we were singing”

A palavra “Back”, sinônimo de “return”, significa voltar. Embora use simple past e past continuous, isso não significa que ele tenha retornado durante a ação de cantar (singing).

Portanto, este é um uso diferente de past continuous e simple past. Isso significa que eles continuaram cantando as mesmas músicas no passado (they continued to sing the same songs in the past).

Esse vídeo não está no canal oficial Vevo de Paul McCartney no YouTube, mas você pode ouvir através deste link:

Aqui está outro vídeo não oficial com letras na tela para ajudá-lo:


8. "Space Age Love Song" de A Flock of Seagulls

Mais um clássico dos anos 80. Esta banda tem um vocalista, Mike Score, com o corte de cabelo mais popstar dos anos 80 que você possa imaginar. De fato, as pessoas começaram a chamar esse estilo de corte de cabelo de “a flock of seagulls” (um bando de gaivotas, em tradução livre) em referência ao nome da banda. No filme Pulp Fiction, o personagem de Samuel L Jackson chama um jovem dessa forma por causa de seu cabelo.

Aqui está a letra da música:

“And you made me smile
For a little while
I was falling in love”

Pelas letras, podemos inferir que esse past continuous “I was falling in love” foi uma ação temporária. O cantor afirma que foi por um tempo (“For a little while”), e logo isso acabou.

A canção foi lançada em 1982 e ficou famosa com o filme “Career Opportunities", de 1991, também conhecido como "One Wild Night", estrelado por Jennifer Connelly.

É uma música simples, poeticamente falando, com muitas repetições contínuas do passado. Aqui está em seu canal oficial sem letras na tela:


E um vídeo não oficial com as letras na tela para você acompanhar:


9. "Doo Wah Diddy Diddy" de Manfred Mann  

Você pode não reconhecer o nome “Manfred Mann”, mas essa banda inglesa teve alguns sucessos conhecidos na década de 1960.

Nesta música, o past continuous é usado, o que mostra que a mulher da música estava fazendo todas as ações ao mesmo tempo.

Essa música também tem uma linguagem informal comum de não pronunciar o “g” nas terminações em “-ing”. Como eu disse, isso é muito comum em países de língua inglesa, certamente fazemos muito isso na Irlanda!

“There she was just a-walkin' down the street, singin' ‘Do wah diddy diddy dum diddy do’”
“Snappin' her fingers and shufflin' her feet, singin' ‘Do wah diddy diddy dum diddy do’”

“To shuffle your feet” significa mover os pés como se estivesse dançando ou talvez como uma pessoa faz quando está nervosa.

“To snap your fingers” também pode ser dito como “to click your fingers”, que significa “estalar os dedos”.

Aqui está um vídeo não oficial com letras:

E o vídeo oficial no Youtube que só tem uma imagem estática


10. "He Was Really Saying Something" de Bananarama

Essa música foi originalmente gravada por um grupo americano, The Velvelettes, lançadas através da gravadora Motown Records.

O nome da gravadora, “Motown”, é uma abreviação para “Motor City”, que é um apelido da cidade de Detroit, que possuía muitas fábricas de automóveis da Ford, General Motors etc.

Bananarama foi uma banda pop britânica formada por garotas, popular na década de 80, na qual fazia parte a cantora Siobhan Fahey, uma irlandesa nascida em Dublin. Elas tiveram muitos hits no Reino Unido durante sua carreira.

Não tão usual, mas ótimo para alunos que estão aprendendo inglês, a gravadora fez um vídeo de alta qualidade para essa música acompanhada pela letra na tela.

Elas fizeram isso para divulgar que lançaram todos os álbuns da Bananarama em vinil depois de remasterizá-los. Seria ótimo ver mais gravadoras fazendo videoclipes oficiais bacanas com letras como esse:


Este é o vídeo oficial de quando a música foi lançada em 1983, se liga no cabelo e a moda dos anos 80!


E aqui está a versão original da Motown pelas The Velvelettes, da década de 1960:


Este parece ser o vídeo oficial no youtube:

 

Músicas com Past Continuous em Inglês: Vocabulário

To check-in:

Registrar-se em um hotel ao chegar ou em um aeroporto antes do voo. Também pode ser usado para encontrar ou conversar brevemente com alguém para obter uma atualização sobre determinado assunto.

To check out:

Finalizar sua permanência, realizar pagamento etc ao deixar um hotel após o término de sua estadia.

To tip your hat:

“Tirar o chapéu”, ou seja, reconhecer educadamente as realizações de alguém, um sinal de respeito a alguém. Origina-se quando os homens tiravam o chapéu brevemente para mostrar respeito a alguém.

To shuffle your feet:

Significa mover os pés como se estivesse dançando ou talvez como uma pessoa faz quando está nervosa.

To snap your fingers:

Também pode ser dito como “to click your fingers”, que significa estalar os dedos.

Aqui estão mais 6 músicas mostrando pontos importantes da gramática em inglês. Ou você pode gostar de saber sobre de 6 livros que são fáceis de ler em inglês aqui, e também alguns poemas que são fáceis de ler aqui.

Se gostou deste artigo, então deveria assistir a este vídeo grátis do nosso curso de vídeo online "Fluência em Inglês". Você sabia esse erro comum que os falantes de português cometem?

Você pode ler mais sobre o curso, assistir a mais vídeos grátis e comprar o curso aqui. Há um desconto de €20 por tempo limitado, agora é de apenas €29 com acesso vitalício em vez de €49.

Sobre o autor

Professor nativo de inglês da Irlanda com mais de 3.500 horas ensinando falantes de português. Criador de curso em video online: "Fluência em Inglês".

você pode gostar também

deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}