August 14

0 comments

Países que Falam Inglês como Segunda Língua

By Gordon

August 14, 2020


Países que Falam Inglês como Segunda Língua


A língua inglesa é uma das mais faladas línguas do mundo. Com cerca de 400 milhões de falantes nativos, de acordo com o livro de 2006 de David Crystal "English Worldwide", e mais 500 milhões que falam como segunda língua, o inglês fica atrás apenas do Espanhol e Mandarim na dominância mundial de idiomas. 

Além disso, por muitos, é chamada de língua universal, usando como intermédio para pessoas que falam idiomas diferentes. Também tem muita presença no mundo dos negócios, usada para fechar acordos entre empresas e instituições.

Mas por que existem tantos falantes dessa língua ao redor do mundo?

  • Um dos fatores é a colonização por países que falavam essa língua originalmente.
  • Outro é a questão de oportunidades: em países em desenvolvimento que não tem essa língua como nativa, pessoas que falam inglês ganham mais que outras pessoas. Isso se deve ao fato da dominância capitalista do mundo ocidental e de sua influência em negócios de países menores.

Sobre a colonização inglesa ao redor do mundo: no seu auge, foi o maior império da história e foi também a maior potência mundial. Sem precisar voltar muito no passado, vamos olhar a situação desse império no século passado: em 1920, o Império Britânico dominava cerca de 458 milhões de pessoas (um quarto da população da época) e 35.500.000 quilômetros quadrados (24% do planeta).

Devido à essa dominância, seu legado tanto político, mas principalmente cultural e linguístico, é generalizado. Prova disso, é que existem países que falam inglês espalhados por todo o globo terrestre. Da América do Norte à África e da Europa à Ásia.

Com o fim da Segunda Guerra e com a partilha da África, o Império passou por um processo de descolonização. Enfim, no ano de 1997, chegou ao fim o Império Britânico. Porém seu legado é inegável.

Inclusive, devido a todo esse legado e como prova do impacto deixado no mundo por esse Império, existe um termo designando todos os países falantes de Inglês ao redor do mundo: a anglofonia. Dentro deles, não estão incluídos países que tem essa língua como secundária. 

Países que Falam Inglês como Segunda Língua:

  • Camarões (África)
  • Índia (Ásia)
  • Lesoto (África)
  • Mali (África)
  • Malta (Europa)
  • Namíbia (África)
  • Nauru (África)
  • Filipinas (Ásia)
  • Singapura (Ásia)
  • África do Sul (África)
  • Suazilândia (África)
  • Tanzânia (África)
  • Tonga (África)
  • Samoa Ocidental (Oceania)

Desses países, vamos falar dos mais conhecidos e procurados por brasileiros: Singapura, África do Sul e Malta.

Se você planeja fazer um intercâmbio de inglês em um desses países, é uma boa ideia melhorar seu inglês o máximo possível antes de partir.

O nosso curso de vídeo online “Fluência em Inglês” já está à venda por apenas €49, mais de 4 horas de vídeo com questionários e exercícios feitos exclusivamente para falantes de português. Confira um exemplo de vídeo abaixo e você pode ler mais aqui.



SINGAPURA


Singapura é um país asiático localizado na parte inferior da Península da Malásia, que conta com cerca de 6 milhões de habitantes, distribuídos num pequeno território.

Com um PIB de 446 bilhões de dólares, Singapura é um dos países mais ricos do mundo, atrás apenas do Qatar, Luxemburgo e Macau, tomando como base o poder de compra de seus habitantes. 

O ganho médio anual (PIB per capita) de alguém que mora em Singapura está na faixa de 82.000 USD. Para comparar um pouco, o dos EUA é de 63.000 USD, enquanto o do Brasil é de 9.000 USD.


Para os brasileiros, a notícia boa é que nesse país dispensa visto se você for turista e for ficar por 30 dias no país. Para quem quer ser estudante ou trabalhar por lá, o visto é necessário.

Mas pode ficar tranquilo que o processo não é muito demorado, caso você tenha motivos concretos para o governo te legalizar.

Países-que-Falam-Inglês-como-Segunda-Língua-Singapura


Por ser um país muito rico, o custo de vida por lá é um pouco salgado. Quem pretende morar por lá, tem que estar disposto a desembolsar um dinheiro legal por coisas do dia a dia, como roupas e alimentação.

Além disso, carros são bem caros por lá. A título de comparação, um Golf 1.4 em Singapura custa na faixa de 90.000 dólares, enquanto no Brasil, ele sai por menos de 20.000 dólares.

Se torna bem mais vantajoso dessa forma usar o transporte público, que, vale ressaltar, é de muita qualidade.

Uma das coisas que os brasileiros reclamam de Singapura é a inflexibilidade da população local. Pela educação deles, principalmente escolar, eles não são bem preparados para lidar com situações do dia a dia. 

Porém, para aqueles que não desejam a educação de lá, existem várias escolas com currículos internacionais da França, China e Reino Unido. Lá, as crianças terão acesso à educação de primeira qualidade além de poderem aprender outras línguas.


Segurança em Singapura


Diferentemente do Brasil, Singapura é um país extremamente seguro. É bem famoso, inclusive, pelas suas leis rigorosas e baixa criminalidade. A capital é conhecida como “cidade das multas” pela quantidade delas que são aplicadas por lá.

Apesar disso, você pode andar em qualquer horário nas ruas sem se preocupar com assaltos ou coisas do tipo, já que o país é bem vigiado por câmeras de segurança.

Para quem vai do Brasil, o clima também não é problema. Com temperaturas anuais que variam de 25 a 35 graus celsius, a temperatura é bem agradável e inclusive parecida com a do Brasil.

Países-que-Falam-Inglês-como-Segunda-Língua-Sinapora-Chinatown


Uma boa notícia para estrangeiros (mas não tão boas para autoridades locais) é que 40% das pessoas que vivem em Singapura são estrangeiras. Isso torna o convívio mais fácil além de deixar o país com uma grande multiculturalidade. Esse é um dos motivos para se ter tantos colégios internacionais por lá.

Todos esses fatores deixam a morada nesse país mais fácil e diversa. Com tamanha multiculturalidade num território tão pequeno, não é difícil para se acostumar com a vida em Singapura. Inclusive por questões linguísticas. Lá,  é raro encontrar alguém que fale apenas uma língua.


ÁFRICA DO SUL


A África do Sul é o sonho de consumo de muitos viajantes ao redor do mundo. Com muita presença da natureza, esse país impressiona por suas belezas únicas. Mas, nem tudo são flores: esse país é um dos mais desiguais do mundo.

Países-que-Falam-Inglês-como-Segunda-Língua-safari-africa-do-sul

Em aspectos geográficos, a África do Sul é um país bem interessante. Apesar da cidade mais populosa ser Joanesburgo, ela tem três capitais distintas: Pretória (capital executiva), Cidade do Cabo ou Cape Town (capital legislativa) e Bloemfontein (capital judiciária).

Além disso, outro fato interessante é que ela engloba o país de Lesoto, um enclave totalmente rodeado por terras sul-africanas.


Moeda da África do Sul


Para estudantes do mundo inteiro, esse país é bastante procurado para se aprender inglês. Várias agências de intercâmbio, inclusive, levam jovens brasileiros todos os anos, para passar temporadas por lá aprendendo inglês. Uma vantagem é que o Real brasileiro vale mais que o Rand.


Devido a essa vantagem na conversão na moeda, o custo para brasileiros é mais atrativo. Após a conversão, os custos de moradia, alimentação e itens básicos de consumo são bem parecidos nesses dois países.

Outro fator que torna bastante atrativo o intercâmbio para lá é a facilidade com documentos. Devido a proximidade dos dois governos, brasileiros podem permanecer por até três meses nesse país sem precisar de um visto. Então, muitas pessoas acabam aproveitando essa grande janela para ficar por lá e aprender uma nova língua.

Apesar de ser um destino bastante popular, a África do Sul tem um problema: a segurança. A África do Sul tem sequelas até hoje do Apartheid, sistema de segregação racial.

Até hoje existem muitos lugares que se assemelham a favelas e que são cheias de problemas devido a desigualdade social. Mas, elas são localizadas longe dos centros urbanos. Para turistas não existe muito problema nesse sentido. Na maioria dos centros urbanos, é bem seguro andar na rua.


Países-que-Falam-Inglês-como-Segunda-Língua-little-brazil-cape-town-africa-do-sul

Little Brazil, Cape Town

Para quem é brasileiro, pode ter certeza que você não sairá de lá sem encontrar outra pessoa falando português. Existem comunidades de brasileiros em toda África do Sul. Uma das mais famosas é o “Little Brazil” em Cape Town. Além disso, não é difícil encontrar restaurantes e bares brasileiros por lá.


MALTA

Países-que-Falam-Inglês-como-Segunda-Língua-Malta

O último país que vamos falar é Malta, um pequeno país insular europeu que tem cerca de 450.000 habitantes. A ilha de Malta é localizada no Mar Mediterrâneo e se tornou independente do Reino Unido em 1964, porém, só entrou na União Europeia em 2004.


Malta é um destino procurado por pessoas do mundo inteiro para se fazer intercâmbio e se aprender inglês. Diversos brasileiros vão para lá passar um tempo e aprender um novo idioma enquanto se aventuram na Europa.

Uma facilidade é que esse país não requer visto para estudantes que fazer até três meses de curso. Basta o passaporte e você já está apto a entrar lá.


Custo de vida de Malta


Apesar de o custo de vida de Malta para quem mora na ilha ser bem mais alto comparado com o do Brasil, se você pretende estudar por lá, os preços não são tão ruins assim. Malta, se comparado a outros países da Europa, apresenta custos baixos para estudantes. Assim, espera-se que o aluno gaste pouco com estudo e mais com coisas que ele comprará na ilha, como comida, roupas e itens necessários.

Se você vai para Malta, fique tranquilo quanto a diversões. Malta é um país de beleza natural única e praias belíssimas. Pode ficar tranquilo também com o clima. Esse país é bem quente, e quem mora no Brasil não precisa fazer esforço para se acostumar.


Outra vantagem é que Malta tem voos baratos para países da Europa. Você pode dar um pulinho no final de semana em Roma ou Atenas, por exemplo, por cerca de 250 reais. Um luxo que só quem está na Europa tem. Para título de comparação, um voo de São Paulo para Roma custa cerca de 3000 reais. 12 vezes mais!

Algo que você não precisa se preocupar em Malta é a segurança. Em pesquisas recentes, Malta aparece em 1º na lista de países de Europa mais seguros. Malta aparece ainda em 2º lugar entre os países onde acontecem menos crimes violentos na Europa. Lembrando que na Europa existem países modelos em segurança pública, como Noruega, Suíça e Finlândia.

Países-que-Falam-Inglês-como-Segunda-Língua-Malta-2

Apesar de poucos brasileiros morarem de maneira fixa em Malta, milhares vão todos os anos até esse país para fazer intercâmbio, e por isso, não se encaixam na categoria de residentes fixos.

Outras nacionalidades tem bem mais representantes pela ilha, inclusive de refugiados. A Líbia, por exemplo, que está em guerra há alguns anos, é a nacionalidade mais presente por lá. Também migram para lá sérvios, filipinos e britânicos.


O Transporte Público de Malta


Algo que muita gente reclama por lá é o transporte público. No verão, período turístico, não tem frota de ônibus suficiente para todos. Assim, a demora é grande e muitas vezes os ônibus ficam cheios. No inverno, com menos gente, eles diminuem as frotas e o tempo entre ônibus é bem grande.

Malta também tem uma vida noturna bem agitada. Nos bares e baladas, estudantes do mundo todo se encontram e curtem bastante principalmente nos fins de semana. Malta é a combinação perfeita: praia de dia e balada de noite!

Claro que os EUA ainda são provavelmente o país mais popular que fala inglês para os brasileiros visitarem. Você pode ler sobre as curiosidades de como eles constroem suas casascomo é o Natal lá e também 6 coisas importantes que você precisa lembrar para validar seu diploma nos Estados Unidos.

No entanto, talvez você queira visitar o Canadá,
que tem alguns hábitos e costumes curiosos, ou talvez a Nova Zelândia, que tem um salário mínimo alto e um emprego onde você pode ganhar um bom dinheiro.     

E aí? Moraria em algum desses países?

Qual você escolheria para fazer intercâmbio?

Conte-nos aqui nos comentários!

Sobre o autor

Professor nativo de inglês da Irlanda com mais de 3.500 horas ensinando falantes de português. Criador de curso em video online: "Fluência em Inglês".

você pode gostar também

deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}